Finanças

Relatório da Diretoria

Senhores Acionistas, em cumprimento às disposições legais e estatutárias, esta Diretoria vem submeter à apreciação de V.Sas as demonstrações contábeis relativas ao exercício findo em 2016.

Mercado
A despeito da intensa retração na atividade econômica e da instabilidade política que culminou inclusive com o impeachment da presidente Dilma, a Brasilata conseguiu apresentar melhora nos resultados. O faturamento cresceu 9,3% em função de um mix de vendas de maior valor agregado e de novos mercados. O ano mostrou-se extremamente desafiador no ambiente politico e econômico, afetando o poder de compra das famílias e por conseguinte o consumo. A competição segue bastante intensa ainda em função do excesso de oferta, acentuada ainda mais pela queda dos principais mercados. Por outro lado, conforme previsto no relatório do exercício anterior, as exportações cresceram mais de 12% em volume com boa diversificação de produtos e regiões.

Resultado
O ano apresentou demanda fraca,  oscilante e imprevisível e sem um segundo semestre forte, como sempre foi historicamente. Apesar de todas essas adversidades, a Brasilata melhorou o resultado em comparação a 2015 fechando com lucro antes do Imposto de Renda em R$ 5,3 milhões. A geração de caixa (Ebitda) também apresentou crescimento saltando para R$ 37 milhões. Em função desse crescimento, a relação divida liquida/ Ebitda caiu ainda mais atingindo 2,0. A Diretoria contratou na metade do ano a consultoria PWC para um trabalho de 2 anos focado na readequação geral da empresa visando a melhoria do desempenho, redução de desperdícios e definição da estrutura ideal para aumentar sua competitividade. O CAPEX realizado foi de R$ 8 milhões, valor abaixo da depreciação, destinados em sua maioria à manutenção do parque industrial uma vez que a capacidade instalada poderá atender a crescimentos de demanda do mercado.

Pesquisa e Desenvolvimento
No ano de 2016, com foco nas estratégias da empresa, foram desenvolvidos projetos de pesquisa em plásticos e também de novos formatos de componentes metálicos para fortalecimento das embalagens e redução do consumo de materiais. Esses desenvolvimentos são fundamentais para o crescimento e perenização da empresa.

Reconhecimentos
Em 2016, a Brasilata obteve importantes reconhecimentos no Brasil. Foram 4 prêmios setoriais de melhor fornecedor do mercado de tintas (Revista Paint Pintura, Sindicato das Tintas e Vernizes de São Paulo, Associação dos Revendedores de Tintas de São Paulo e Prêmio Homem de Aço promovido pela Associação do Aço do Rio Grande do Sul). Os maiores destaques entre os prêmios,  vieram da Revista Época e da Você S/A que colocaram novamente a empresa como uma das Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil, fato raro para uma empresa do setor de metalurgia.

Agradecimentos
Esta Diretoria agradece aos que participaram como parceiros, das atividades da empresa em 2016: Funcionários, Acionistas, Conselho de Administração, Clientes e Fornecedores.

 

 

Exercício
Valores em R$ mil 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Receita Bruta 436.704 468.685 508.074 501.398 534.170 584.350
Receita Operacional Líquida 307.142 332.230 361.340 354.754 381.665 417.179
Lucro Bruto 66.601 71.348 73.777 66.787 81.701 98.052
EBITDA 19.679 20.524 19.627 20.927 30.426 36.900
Margem Bruta 21,7% 21,5% 20,4% 18,8% 21,4% 23,5%
Margem EBITDA 6,4% 6,2% 5,4% 5,9% 8,0% 8,8%
Dívida Líquida 83.067 84.316 65.786 70.127 67.697 74.871
Dívida Líquida/EBITDA (x) 4,2 4,1 3,4 3,4 2,2 2,0

 

 

 

SÉRIES HISTÓRICAS E INDICADORES

 

 

 

 

 

 

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

  Individual Consolidado
Ativo Circulante Notas 31/12/16 31/12/15 31/12/16 31/12/15
Caixa e equivalentes de caixa   993 4.286 1.904 5.252
Contas a receber   23.063 15.385 23.314 16.134
Operações de "Vendor/ACE"   21.491 21.018 28.102 27.473
Estoques   70.996 53.978 71.053 54.036
Adiantamento a fornecedores   15.365 12.886 15.365 12.892
Impostos a recuperar   757 3.657 828 3.690
Despesas antecipadas   3.391 1.573 3.469 1.579
Outros créditos a receber   416 477 416 477
  136.472 113.260 144.451 121.533
Ativo não circulante  
Depósito judicial   2.743 1.885 2.743 1.885
Impostos a recuperar   1.940 837 1.993 837
Créditos tributários   3.349 3.801 3.349 3.854
Impostos diferidos   3.232 4.339 3.232 4.339
 
Investimentos   4.423 3.881 1.433 1.272
Imobilizado   55.807 73.713 55.807 73.713
Intangível   5.996 6.688 5.996 6.688
  66.226 84.282 63.236 81.673
Total do ativo não circulante 77.490 95.144 74.553 92.588
           
PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO
  Individual Consolidado
Passivo circulante Notas 31/12/16 31/12/15 31/12/16 31/12/15
Financiamentos   40.649 38.341 47.397 42.266
Operações de "Vendor/ACE"   21.491 21.018 28.102 27.473
Fornecedores   36.336 23.240 36.413 22.812
Partes relacionadas   8.493 4.215 - 42
Obrigações tributárias   4.537 5.376 4.607 5.453
Obrigalções trabalhistas   9.729 8.087 9.759 8.110
Contas a pagar   355 1.116 355 1.116
Adiantamento de clientes   1.359 1.299 1.358 1.137
 
Passivo não circulante  
Financiamentos   29.378 30.683 29.378 30.683
Contas a pagar   2.601 3.292 2.601 3.292
           
Patrimônio líquido  
Capital social   50.000 60.000 50.000 60.000
Reserva de incentivos fiscais   1.897 5.086 1.897 5.086
Reserva para retenção de lucros   6.777 6.651 6.777 6.651
Total do patrimônio líquido   58.674 71.737 58.674 71.737
           
(Valores expressos em milhares de Reais)
  Individual Consolidado
  Notas 31/12/16 31/12/15 31/12/16 31/12/15
Receita operacional líquida   411.884 376.351 417.179 381.665
Custos dos produtos vendidos   (319.105) (299.911) (319.127) (299.964)
Lucro bruto   92.779 76.440 98.052 81.701
Receitas (despesas) operacionais  
Despesas gerias e administrativas   (39.927) (38.547) (40.564) (39.186)
Despesas comerciais   (29.676) (24.794) (33.445) (28.805)
Outras receitas e despesas   770 4.491 712 4.491
Lucro operacional antes do resultado financeiro   24.327 17.614 24.755 18.201
Despesas financeiras   (23.014) (17.121) (23.918) (18.570)
Receitas financeiras   3.830 3.819 4.466 4.688
Lucro (Prejuízo) antes do imposto de renda e contribuição social 5.143 4.312 5.303 4.319
Imposto de renda e contribução social diferidos   (1.032) (128) (1.032) (128)
Imposto de renda e contribuição social   (516) (758) (676) (765)
Lucro (Prejuízo) do exercíco antes da participação dos trabalhadores 3.595 3.426 3.595 3.426
Participação dos trabalhadores no lucro    (854) (814) (854) (814)
Lucro (Prejuízo) líquido do exercício   2.741 2.612 2.741 2.612

Download