Compromisso com a excelência - Brasilata conquista medalha Ouro no Prêmio Paulista de Qualidade de Gestão

ppqg.jpg
Cerimônia de premiação: reconhecimento à dedicação da equipe Brasilata

Em cerimônia realizada em 8 de outubro de 2009 no Centro de Convenções Rebouças (SP), foi entregue o Prêmio Paulista de Qualidade de Gestão a 36 organizações paulistas que mantêm os melhores sistemas de gestão, analisados de acordo com as diretrizes do Prêmio Nacional da Qualidade.

Na etapa de 2009, 51 organizações foram inscritas, das quais 38 passaram no processo de elegibilidade e, ao final da Etapa 1, quando é feita a análise do Relatório de Gestão, 36 organizações foram visitadas e 24 foram premiadas. O Prêmio Paulista de Qualidade da Gestão (PPQG) analisa a gestão sob os seguintes critérios: Liderança, Estratégia e Planos, Clientes, Sociedade, Informações e Conhecimentos, Pessoas, Processos e Resultados.

Entre as organizações inscritas, que são avaliadas por uma Banca Examinadora voluntária e independente, figuram empresas privadas, empresas de economia mista, órgãos da administração pública e organizações educacionais e de ensino.

Em 2009 a Brasilata conquistou a medalha de Ouro, no Nível II – 500 pontos, ao lado das empresas Arcelor Mittal (Piracicaba-SP) e Companhia de Bebidas Ipiranga.

“Conquistar o Ouro no Prêmio Paulista de Qualidade de Gestão na categoria de 500 pontos valida a gestão inovadora da Brasilata como empresa que estimula o meio inovador interno. A Brasilata cultiva um ambiente de trabalho que favorece o surgimento de iniciativas individuais e grupais para a busca de novas soluções na atividade empresarial”, afirma Antonio Carlos Teixeira Álvares, CEO da Brasilata e professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas.

A Brasilata, um dos principais fabricantes de latas de aço do país, produz a linha completa de embalagens metálicas para tintas, produtos químicos e alimentos secos com sistemas de fechamento exclusivos, patenteados e exportados para o mercado internacional.